Buscar
 
 

Resultados por:
 


Rechercher Busca avançada

Deep Life
Deep Life aqui você acha!
Conectar-se

Esqueci minha senha

Setembro 2018
SegTerQuaQuiSexSabDom
     12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930

Calendário Calendário

Quem está conectado
2 usuários online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 2 Visitantes

Nenhum

[ Ver toda a lista ]


O recorde de usuários online foi de 46 em Sab Mar 19, 2011 11:48 am
Estatísticas
Temos 79 usuários registrados
O último usuário registrado atende pelo nome de romaxx

Os nossos membros postaram um total de 1084 mensagens em 287 assuntos

Campo elétrico de uma partícula eletrizada

Ir em baixo

Campo elétrico de uma partícula eletrizada

Mensagem por Pessi em Qua Jun 30, 2010 10:06 pm

Partiremos da lei de Coulomb e do módulo do vetor campo elétrico para calcularmos o módulo do vetor campo elétrico de uma partícula eletrizada.

Uma partícula eletrizada Q colocada a certa distância de outra partícula q em qualquer ponto do campo elétrico formado por Q. Na carga de prova q atua uma força de intensidade calculada pela Lei de Coulomb:

F = k | Q . q |
d2

Como temos uma carga fonte Q, em volta dela é formado um campo elétrico e o módulo do vetor campo elétrico é calculado por:

E = F
|q|

Se o módulo do vetor campo elétrico depender da carga fonte Q podemos dizer que o cálculo do módulo ficará:

E = K | Q |
d2

Observando essa equação percebemos que para chegarmos a ela, foi feita uma relação com as outras duas equações acima. Assim o módulo do vetor campo elétrico não depende da carga de prova q e sim da carga fonte Q.

Devemos ressaltar que uma partícula eletrizada Q gera um campo elétrico, mas no ponto onde foi colocado o vetor campo elétrico é nulo.

Então: uma carga de prova q colocada em qualquer ponto do campo elétrico não irá alterar o vetor campo elétrica já existente ali.

Veja uma aplicação do cálculo do módulo do vetor campo elétrico.

Determinar as intensidades do campo elétrico determinado por uma carga pontual Q de – 8 µ C, em dois pontos A e B colocados, respectivamente, a 6 cm e 40cm de distância dessa carga. O meio é o vácuo, cuja constante eletrostática é igual a 9 . 109 N C -2 .

A intensidade do campo elétrico criado por uma partícula eletrizada é calculado pela equação:

E = K | Q |
d2

Para o ponto A, temos d = 6cm = 6 . 10 -2 m, assim:


EA = 9 . 109 . 8 . 10-6
(6 . 10 -2)2

EA = 2 . 107 N/C

Para o ponto B, temos d = 40cm = 40 . 10 -2 m, assim:

EB = 9 . 109 . 8 . 10-6
40 . 10 -2


EB = 4,5 . 105 N/C
avatar
Pessi
Grupo
Grupo

Mensagens : 424
Pontos : 716
Reputação : 4
Data de inscrição : 06/05/2010
Idade : 28
Localização : Campo Novo - MT

Ver perfil do usuário http://deeplife.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum